A Arte de ser Educador

"Nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas" Cora Coralina

“A flor de Varsóvia” (Para quem precisa de eventos pra compor o AACC)

em 17 de Abril de 2012
12 de Abril às 20:30 até 24 de Maio às 23:30
  • Está chegando a hora! “A flor de Varsóvia” estreará nos palcos paulistanos. Depois de um longo processo de concepção, estudo e montagem, nós da equipe convidamos todos para conhecerem Richard, Anna, Laura, Molly, Pierre, e suas histórias, que são escritas pela dura pena da guerra!ACEITAREMOS RESERVAS PARA A TEMPORADA POR ESSA PÁGINA! INFORMEM NOME, QUANTIDADE DE INGRESSOS E DATA.Temporada: de 12 de abril a 24 de maio de 2012
    Horários: quintas–feiras às 20h30
    Censura: 14 anos
    Duração: 95 minutos
    Ingresso: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia)

    Viga Espaço Cênico
    Rua Capote Valente, 1323 – Pinheiros, São Paulo/SP
    Próximo ao metrô Sumaré
    Telefone: (11) 3801.1843

    Ficha Técnica
    Texto: Luccas Papp
    Direção: Jacy Lage
    Elenco: Luccas Papp, Beatriz Aquino, Lívia Stacciarini, Nayane Pertile e Igor Armucho.
    Produção: Luccas Papp
    Assistente de Produção: Luana Parola
    Figurino: Isabel Amaral e Marina Serrano
    Trilha sonora original: Leandro Roverso
    Produção musical e sonoplastia: Bruno Félix, Âmer Menegassi, Karen ávila
    Iluminação: Lígia Chaim
    Operadora de Luz: Valéria Lovato
    Contrarregragem: Renato Moraes e Thiago Malícia
    Fotografia: Fabio Hosoi
    Produção visual: Jorge Luiz Rubio

    1940. Paris, França. A II Guerra Mundial se acirra. Tropas nazistas invadem e ocupam a capital francesa. Quando as luzes se acendem quatro jovens estão trancados em um pequeno porão sem janelas, levados para lá por uma mulher: Anna Dumenstein, uma das maiores psiquiatras da França moderna. Não há nenhum contato com o mundo exterior. Apenas uma grande porta de madeira e um baú se fazem presentes. Com total controle psíquico, Anna tenta convencer os garotos de que suas vidas dependem dela e que seu papel é ser a nova mãe de todos. Três dos jovens precisam fazer uma escolha: sair daquele porão e enfrentar o exército alemão ou ficar ali com Richard, um dos reféns que possui um humor que é como o tempo: mutável, delicioso, assustador.

    Fonte: http://www.facebook.com/events/276416312443709/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: